Marketing digital: 6 dicas para aumentar visitas ao site da sua empresa

postado em: Marketing Digital | 0

No início da jornada digital, uma preocupação muito comum dos empreendedores é saber como aumentar visitas ao site da empresa. O Marketing Digital vem sendo cada vez mais abordado quando o assunto é esse.

Para aumentar o tráfego do seu site, vamos abordar seis dicas indispensáveis no marketing digital, que vão desde a escolha do domínio; passando por SEO, blogs e redes sociais; até o uso de guest post e link building. Continue a leitura e confira!

1. Domínio

A importância do domínio para o site é a mesma que a da localização para uma loja física. É o endereço no mundo digital. Para acertar no domínio, você vai precisar fazer uma escolha estratégica, que abarque o lado semântico, o posicionamento nos buscadores e a extensão.

No aspecto semântico, seu domínio precisa comunicar seu negócio de forma simples e clara. Nada de nomes grandes e complexos. Também evite números e hifens, pois dificultam a leitura.

Além do aspecto semântico, você deve dar valor ao posicionamento dos termos nos buscadores. Se você está em dúvida entre dois ou mais nomes, utilize o Google Trends para fazer uma comparação antes de tomar uma decisão. Basta inserir dois ou mais termos para ver qual tem mais buscas em um determinado período de tempo. Também é possível ver essa relação com filtros de categoria e por região.

A extensão dos domínios é outro aspecto a ser levado em consideração. Cada um é relativo a um tipo de negócio ou organização. O “.com”, que significa comercial, é o mais comum. Ele é ideal para a maioria das situações, mas além dele existe uma quantidade enorme de extensões que variam segundo categoria, profissões e regiões, como “.news”, “.ceo”, “.lawyer”. Para os domínios com o final “.br”, há opções em português, como “.adv.br”, “.eco.br”, “.jor.br” etc.

2. SEO

Se o domínio é seu endereço no mundo digital, os buscadores como Google e Bing são os guias comerciais. E para ficar bem posicionado nesse guia, você precisa otimizar seu site por meio de boas práticas de Search Engine Optimization (SEO).

O primeiro passo para isso foi abordado no tópico anterior, que é a escolha de um bom domínio. Além disso, você deve otimizar palavra-chave, URL e metadescrição.

Palavra-chave

A definição de uma boa palavra-chave está entre as principais práticas efetivas de SEO. Dê preferência para frases completas, conhecidas como long tail [cauda longa]. Normalmente, elas possuem três palavras e simulam os termos mais buscados pelos usuários, como “comer peixe assado” ou “advogado Niterói”.

Para definir qual a melhor palavra-chave, você pode utilizar ferramentas de comparação de termos, como Google Trends e UberSuggest.

URL

Ter uma URL curta e fácil de ser compreendida é tão importante para os buscadores quanto para os usuários. Um post com a URL “www.hostmidia.com.br/blog/dicas-de-seo” tem mais peso para os buscadores do que “www.hostmidia.com.br/?p=28932”.

Além disso, dispense elementos de ligação para deixar a URL mais curta e otimizá-la para os buscadores. Outra boa prática é inserir a palavra-chave na URL.

Metadescrição

Por último, faça boas metadescrições de suas páginas e publicações. A metadescrição é a chamada que aparece logo após o título nos resultados de busca. Elas devem ter entre 120 e 156 caracteres. O tamanho é ideal para que a chamada seja, ao mesmo tempo, inteiramente visível e relevante o suficiente para atrair o usuário.

3. Blog

Outra tática eficaz para aumentar visitas do site é criar um blog como ferramenta de uma estratégia de marketing de conteúdo. Para isso, você vai precisar definir objetivo, persona, tom e editorias. Essas definições são cruciais para orientar a produção de conteúdo.

Objetivo

Antes de tudo, defina um objetivo. Por que você quer tráfego? Para vender mais? Melhorar o posicionamento da marca? Penetrar em um novo mercado? Lançar um produto? É importante que o objetivo do blog esteja alinhado com o planejamento estratégico da empresa.

Persona

Depois, defina para quem você vai escrever. A persona, diferente do público-alvo, é um leitor-tipo, com nome, profissão, interesses e dificuldades. Juntamente com o objetivo, a persona ajudará você a definir o tom e as pautas do texto.

Tom

Uma vez definido o objetivo e a persona, escolha qual será o tom de abordagem do texto. Pessoal, formal, descontraído. Essa etapa é importante, pois ajuda a criar a imagem da empresa na mente do potencial cliente. Por exemplo, se você tem uma empresa que oferece passeios turísticos radicais, um tom formal não conecta seu leitor com o serviço que você oferece. Por sua vez, se você tem um escritório de advocacia, um tom demasiado descontraído não iria favorecer as vendas.

Lembrando que, para definir o tom, você deve levar em consideração o objetivo e a persona. O seu blog pode ser sobre advocacia com um tom descontraído, caso seu objetivo seja atrair adolescentes para a carreira de advogado, por exemplo.

Editorias

Por fim, defina as editorias que nortearão as pautas do seu blog. As editorias são os temas gerais, como tecnologia, saúde, tutoriais, ciência. A partir desse tema geral, você definirá as pautas, ou seja, os temas específicos.

As pautas podem ser frias ou quentes. As frias são atemporais. Tem um apelo menor, mas servem para qualquer época do ano. Já as quentes são mais atraentes, porém devem ser publicadas logo após o acontecimento, quando o público tem mais interesse.

4. Redes Sociais

Investir em redes sociais para aumentar o tráfego do seu site também traz resultados. Semelhante à estratégia do blog, você precisa definir objetivo, persona, canais e o formato de conteúdo.

No início, uma tática interessante é delimitar um único objetivo e persona, e experimentar diversos canais e formatos de conteúdo. A partir da análise comparativa dos resultados das possíveis combinações, você descobrirá qual formato alcança melhor sua persona de acordo com o canal. Essa descoberta pode levar tempo mas, uma vez que consiga, direcionará todo seu investimento em redes sociais para uma única combinação de formato e canal.

5. Guest Post

Guest Post é a prática de publicar conteúdos em sites e blogs parceiros com os quais você compartilha audiência. Em troca, você pode linkar textos que apontam para conteúdos relacionados do seu blog.

Dessa forma, você encontra uma maneira de se alimentar da audiência de sites com porte igual ou maior que o seu.

Além do tráfego, você também pode ganhar autoridade, caso o site com o qual você faça a parceria goze de prestígio perante o público. Por exemplo, se você tem uma loja online de livros de economia, escrever em um blog especializado respeitado pelo seu público pode ser uma tática relevante para alcançar seu objetivo.

6. Link building

O link building é a prática de conseguir links de outros sites e blogs. A tática indica aos buscadores que o seu conteúdo é relevante, pois está sendo recomendado por outros sites.

Quanto melhor o posicionamento do site no qual o seu conteúdo foi linkado, maior a relevância. E isso é válido também para o usuário, afinal, seu conteúdo está sendo sugerido por alguém que entende do assunto.

Assim, o link building gera tanto tráfego direto, por meio do redirecionamento, quanto indireto, por melhorar o posicionamento do seu site nos motores de busca.

Se você chegou até aqui, significa que já tem conhecimento suficiente para aumentar visitas do site. Agora confira alguns serviços de Marketing Automation.